780.chat

DECISÃO

780.chat - Produtor rural vai pagar R$ 7 milhões por desmatamento

O objetivo da multa é reparar os danos ambientais ocasionados pelo desmatamento ilegal de 1.353 hectares de reserva legal

desmatamento, produtor, sema, mato grosso
Foto: Divulgação/Sema-MT

Umprodutor rural de São Félix do Araguaia, em Mato Grosso, firmou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público do Estado (MPMT).

O objetivo é reparar os danos ambientais ocasionados pelo desmatamento ilegal de 1.353 hectares de reserva legal.

  • Confira na palma da mão informações quentes sobre agricultura, pecuária, economia e previsão do tempo: siga o 780.chat no WhatsApp!

De acordo com o TAC, o produtor se comprometeu em regularizar o imóvel no Sistema Mato-grossense de Cadastro Ambiental Rural (Simcar) dentro do prazo de 90 dias.

Além disso, assumiu a responsabilidade de efetuar o pagamento de R$ 6,765 milhões a título de indenização.

A Promotoria de Justiça de São Félix do Araguaia indicará os projetos ambientais e sociais aos quais os valores serão destinados.

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MPMT) alcançou o acordo no âmbito de uma Ação Civil Pública (ACP) movida em 2019.

O fazendeiro, na sentença de primeira instância, recebeu a condenação para restaurar a área degradada e efetuar o pagamento correspondente pelos danos causados.

Além disso, a sentença determinou que ele se abstivesse de realizar novas ações que pudessem contribuir para a ampliação da área desmatada.

O juiz da Vara Especializada do Meio Ambiente de São Félix do Araguaia homologou o TAC.

______

Saiba em primeira mão informações sobre agricultura, pecuária, economia e previsão do tempo. Siga o 780.chat no Google News.

780.chat Mapa do site